Alisamento

Você Sabia?!
Você sabia que é possível fazer um Curso de Cabeleireiro com certificado através da Internet? Clique Aqui para se tornar um cabeleireiro profissional em 3 simples passos.

alisamentoO alisamento dos cabelos é o processo que transforma o córtex do fio, isto modifica para sempre a forma do cabelo.

A reestruturação dos fios, que proporciona o alisamento permanente do cabelo, acontece da seguinte forma:

Os alisantes proporcionam reações químicas que tem como finalidade quebrar as ligações de aminoácidos, estes são rearranjadas com auxilio das mãos e depois de neutralizados o novo formato é adquirido para sempre.

As ligações de aminoácidos são baseadas em ligações de enxofre- pontes de cistina. A cistina é um componente da queratina, confere resistência e forma ao cabelo. Após o alisamento dos cabelos o neutralizante religa as pontes de cistina do fio, lembra-se, elas foram quebradas para dar a nova forma ao fio, assim às pontes de cistina adquirem nova conformação, cabelos lisos.

FIQUE ATUALIZADO!

Receba Dicas Especiais Sobre Cortes, Coloração e Penteados Diretamente no Seu E-mail!

A base do produto para alisar os cabelos irá variar conforme indicação do profissional, vários fatores deverão ser levados em conta, como, por exemplo, o tipo de cabelo, raiz, força, química aplicadas anteriormente e saúde da fibra capilar.

Produtos á base de guanidina possuem maior poder de alisamento dos cabelos e também agridem mais que o tioglicolato de amônia, este por sua vez, tem menor força para alisar e agride menos os fios.

A diferença entre relaxamento e alisamento é que este primeiro consiste em tirar o volume sem eliminar os cachos, o alisamento é para chapar os fios. O produto para os dois procedimentos é o mesmo, mas no alisamento as mechas são enluvadas, no relaxamento os cachos são soltos, às vezes até amassados durante o processo para adquirirem ondas.

Passo a passo do alisamento

Antes de qualquer procedimento é indicado que leia as instruções de aplicação do fabricante do produto, o que passaremos aqui é a forma generalizada da utilização dos alisantes (no exemplo utilizamos alisante á base de tioglicolato de amônia):

– Lave os cabelos para o procedimento, eles deverão estar úmidos, mas evite esfregar o couro cabeludo para não remover toda a oleosidade natural, que age como proteção.

– Divida os cabelos em quatro seções.

– Separe um pedaço de papel higiênico para o teste da mecha.

– Prefira os fios do topo da cabeça, para o teste da mecha, estes são os mais fragilizados pela ação do sol, poluição, etc. se a mecha selecionada resistir ao teste todo o resto certamente resistirá.

– A aplicação do produto deverá obedecer o sentido do nascimento dos fios, aplique neste sentido para dar naturalidade ao caimento dos fios depois de alisados, nunca trabalhe na direção oposta.

– Não aplicar o alisante na raiz, deixe a distância de mais ou menos um centímetro do couro cabeludo.

– Não utilize pente de dentes muito finos para evitar que o cabelo seja forçado e quebre.

– Para um alisamento perfeito, assim que o produto for aplicado enluvar as mechas com delicadeza.

– Após ação do produto enxaguar os cabelos e aplicar o neutralizante. Terminado o alisamento, lave e condicione os fios.

-Para o retoque trabalhe apenas a raiz dos cabelos, o comprimento e áreas que já foram trabalhadas deverão ser poupados, para evitar que o produto atinja estes locais aplique óleo, que protegerá a reincidência da ação do alisante.

Alguns produto para alisamento possuem o cheiro forte (á base de amônia principalmente), para amenizar o odor adicione algumas gotinhas de essência ao produto e para manutenção do dia a dia, utilize shampoos e mascaras para cabelos alisados, e de preferência da linha do produto que usou para o alisamento.

 

Dica Importante!

O sucesso de um cabeleireiro está no quanto ele é conhecido e respeidado, assim é muito importante aprender e se manter atualizado, seja através de cursos presenciais ou cursos como o Curso de Cabeleireiro Pro Hair, onde é possível aprender técnicas profissionais em casa. Invista em VOCÊ!

12 COMENTÁRIOS

  1. Eu tenho que registrar que gostei bastantes das dicas aqui dadas.Sou cabelereira, me formei tem pouco tempo,e estou cheias de duvidas. Estou estudando muito para o meu aperfeiçoamento profissional, e sei que em muitas situações que vou me deparar será a primeira.tirei algumas duvids que tinha sobre relaxamento com as dicas que encontrei aqui, e se for possivel quero sempre está dando uma olhadinha no site para ver as novidades. Muito obrigado a todos!

    • Quando vou retocar um cabelo que ja foi alisado, com tioglicolato de amônio, tenho que tomar cuidado para que não pegue o produto onde ja foi alisado? Mas vou fazer a limpeza do cabelo com shampoo anti resíduos e vai abrir a cutícula de todo o cabelo e ai o que eu faço? As clientes quer quer que passa em todo cabelo por esse motivo.

  2. Adorei as dicas sobre selagem e sobre o tioglicol. mas quero saber sobre hidroxido de sódio/tioglicolato,qual é menos agressivo e como faço para mudar de química. Obrigada a todos.

  3. Amei as dicas;
    Só quero saber se para ficar mais alizado pode passa a prancha com o creme alizante a base de tioglicolato de amônia,ou teria que lavar o cabelo tirando o produto e depois pranchar?
    Obrigada desde ja e espero respostas, Aidê

    • Vanicelcia existem vários produtos a base de diferentes compostos, os que são a base de tioglicolato de amonia são mais duradouros(digo para progressiva) porque com o passar do tempo e a constante utilização acabam trabalhando a estrutura interna do fio, a marca do produto tb conta muito.

    • Depende dos cabelos e da química que foi aplicada, não recomendo, mas existe compatibilidade entre os relaxamentos a base de amonia ou tioglicolato de amônio e descoloração, os cabelos deverão estar em excelente estado para resistirem ao processo.

DEIXE UMA RESPOSTA